Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Anedota 305

Magistral…

O Pereira era um alto funcionário da corte do Rei.
Há muito tempo, nutria um desejo incontrolável de beijar os voluptuosos seios da Rainha até se fartar.
Todas as vezes que tentou, deu-se mal.
Um dia revelou o seu desejo a Gaio, principal advogado da Corte e pediu que ele fizesse algo para ajudá-lo.
Gaio, depois de muito pensar e estudar o assunto - concordou, sob a condição de Pereira lhe pagar mil moedas de ouro.
Pereira aceitou o acordo, que não foi formalizado por escrito.
No dia seguinte, Gaio preparou um líquido que causava comichões e derramou-o no soutien da Rainha, enquanto esta tomava banho.
Logo a comichão começou e aumentou de intensidade, deixando o Rei preocupado e a Rainha desesperada.
A Corte fazia consultas a médicos, quando Gaio disse que apenas uma saliva especial, se aplicada por quatro horas, curaria o mal.
Gaio também disse que essa saliva só poderia ser encontrada na boca do Pereira. 
O Rei ficou muito feliz e então chamou Pereira que, pelas quatro horas seguintes, se fartou de gozar, beijando à vontade as suculentas e deliciosas mamas da Rainha.
Lambendo, mordendo, apertando e passando a mão, ele fez finalmente o que sempre desejou.
Satisfeito, encontrou-se no dia seguinte com o advogado Gaio.
Com o seu desejo plenamente realizado e a sua libido satisfeita, Pereira recusou-se a pagar ao advogado Gaio.
Pereira sabia que, naturalmente, Gaio nunca poderia contar o facto ao Rei.
Mas Pereira subestimou o advogado.
No dia seguinte, Gaio colocou o mesmo líquido nas cuecas do Rei e… o Rei… mandou chamar o Pereira!!!

publicado por lino47 às 23:32
link | comentar | favorito
Domingo, 21 de Setembro de 2014

Anedota 304

Mor já volto
Reza a história que um casal de recem casados, com apenas 2 semanas de casamento, o marido que apesar de feliz, já estava com uma vontade reprimida de sair com a malta para fazer a festa. Assim ele diz à sua queridinha:

- 'Mor já volto!
- Onde vais meu docinho? ( com expressão de recém casados)
- Ao barzinho, beber uma geladinha.
A mulher põe a mão na cintura e responde-lhe:
- Queres uma cervejinha, meu amor???
E nesse momento abre a porta do frigorifico mostra-lhe 25 marcas diferentes de cervejas de 12 paises: alemãs, holandesas, japonesas, americanas, mexicanas, etc.

O marido sem saber o que fazer, responde-lhe:
- Meu docinho de coco... mas no bar... sabes...o copo é gelado.
O marido não tinha acabado de falar, quando a esposa interrompe a sua conversa e diz:
- Queres um copo gelado, 'mor?
Nesse momento a esposa tira do congelador um copo bem gelado, branco, branco, que até tremia de frio. Então o marido responde:
-Mas meu céu, no bar tenho aqueles salgadinhos óptimos...Já volto ok?
- Queres salgadinhos meu amor???
A mulher abre o forno e tira 15 pratos de diferentes salgadinhos: bolinhos de bacalhau, rissois, pipocas,amendoins,pasteis de carne,empadinhas...
- Mas minha bonequinha... lá no bar... sabes... as piadas, os palavrões,tudo aquilo...
- Queres palavrões meu amor? ENTÃO VAI PRO CAR*LHO,VAI-TE FOD*R MAS DAQUI TU NÃO SAIS, MEU FILHO DA PUTA!

 

publicado por lino47 às 11:38
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Anedota 303

Não é Feitiçaria
Depois de uma transa fenomenal, o casal conversa no motel:

— Esses seus peitos... — diz ele — Incrível como podem estar tão firmes, sendo que você já deve estar beirando os trinta.
— Quarenta! — corrige ela — 200 ml de silicone de cada lado.
— Viva a medicina!
— Gostei deste seu sorriso... — rebate ela — É o seu charme.
— 32 dentes implantados. — responde o cara — Mais de 16 horas na cadeira do dentista.
— Viva a odontologia!
— Gostei dos seus cabelos. São naturais, não é mesmo?
— Aplique. Estavam curtinhos. Não quis esperar crescerem. Mas os seus são...
— Interlace. Nem dá para perceber. Posso até nadar com eles.
— Há mais de duas horas nós estamos transando e você ainda não baixou o mastro. Como consegue? Viagra?
— Prótese. Depois que acaba é só dobrar.
— Ah... Pensei que fosse pura excitação... Esse clima... O calor...
— Mas fiquei excitado, juro... Também, com esse seu bumbum...
— Silicone... Nas batatas da perna também tem um pouco.
— Onde mais você já mexeu?
— Pálpebras, maçãs do rosto, queixo, pescoço, lipo na barriga, culotes, cintura, botox, lifting... e também fiz a "preciosa"...
— Você quer dizer...o "vulcão"?
— Exatamente!
— O que você fez? Períneo?
— Não, mudança de sexo. O meu nome verdadeiro é Valdemar.

 
publicado por lino47 às 21:31
link | comentar | favorito

Anedota 302

Frasco nº 13 ... Cura tudo!

Um brasileiro, estava a caminhar numa rua e viu uma placa que dizia:

"Clínica Médica Angolana"

Tratamos qualquer doença. 
Resultado garantido, 
ou devolvemos o seu dinheiro a dobrar.

O homem pensou: 
- Estes "mwangolés" acham-se muito espertos, mas vou já enganá-los e ainda por cima facturar alguma grana.

Entrou na clínica, pagou a consulta e o médico recebeu-o sorridente:
- Bom dia, qual é a maka?
- Doutor, estou aqui com um grande problema: Perdi o meu paladar, não consigo sentir o gosto de nada; água, café, feijão, arroz, tem tudo a mesma falta de gosto.

E o médico:

- Ya. Enfermeira, traz o frasco número 13.

E veio um frasco cheio de merda. O médico encheu uma colher e enfiou-a na boca do paciente.

- O que é isso? O senhor deu-me merda?!! Tá doido?

E o médico imediatamente:

- Já está, recuperou o paladar, está curado!!!

O brasileiro saiu lixado da vida pensando:

- Desgraçado, desta vez apanhou-me; mas agora tenho que recuperar o meu dinheiro. Tenho de pensar em algo infalível.

Uns dias depois entrou na clínica, pagou novamente a consulta e....

- Ai, voltaste?!

E o paciente:
- Desculpe, não percebi, o que quer dizer com isso ,outra vez? Quem é o senhor, quem sou eu? Perdi minha memória. O que é que estou a fazer aqui?

O médico sem pestanejar:

- Ah, estou a ver, Enfermeira, o frasco 13!

- O frasco 13 outra vez, porra!!!

- Tá a ver, recuperou a memória, está curado!!!

E o brasileiro, pior que estragado da vida:

- Mas que grande filho-da-----!!! Levou-me o dinheiro outra vez. Não é possível!!! Desta vez não lhe vou dar chance...

Uma semana depois lá estava ele de novo...

- Outra vez!!!. Qual é a maka dessa vez?

- Pois é doutor, estou perdido de vez, perdi a vontade. Não sinto vontade de comer ninguém. Vejo a Angelina Jolie, a Shakira, a Carla Perez, as dançarinas do Gallery e nada... não tenho vontade nenhuma...

O médico pensou um pouco e disse:

- Enfermeira, o frasco...

Diz o brasileiro muito depressa e enraivecido:

- Se vier com essa merda do frasco 13 mais uma vez eu fodo-o, doutor!!! Fodo-o a si, à enfermeira, à menina da recepção
e a toda a gente desta clínica filha-da-puta! Fodo-os a todos!!!

- Já está, recuperou a tesão novamente, está curado!!!...
Frasco nº 13 resulta!!

publicado por lino47 às 21:04
link | comentar | favorito

Anedota 301

Geografia da Mulher:


Entre 18 e 25 anos,
a mulher é como o Continente Africano:
uma metade já foi descoberta e a outra metade
esconde a beleza ainda selvagem e deltas férteis.

Entre 26 e 35,
a mulher é como a América do Norte:
moderna, desenvolvida, civilizada
e aberta a negociações.

Entre 36 e 40,
é como a Índia:
muito quente, relaxada e consciente da sua própria beleza.

Entre 41 e 50,
a mulher é como a França:
suavemente envelhecida, mas ainda desejável de se visitar.

Entre 51 e 60,
é como a Jugoslávia:
... empenha-se na reconstrução...

Entre 61 e 70,
ela é como a Rússia:
espaçosa, com fronteiras sem patrulha.
A camada de neve oculta grandes tesouros.

Entre 71 e 80,
a mulher é como a Mongólia:
com um passado glorioso de conquistas,
mas com poucas esperanças no futuro.

Depois dos 81,
ela é como o Afeganistão:
quase todos sabem onde está,
mas ninguém quer ir até lá.

Geografia do Homem:


Entre os 15 e os 80 anos,
o homem é como CUBA:
governado por um só membro.


 

publicado por lino47 às 20:59
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Anedota 300

DESCONFIAVA DO MARIDO....

A Mulher desconfia que o seu marido a estava traindo com a empregada. Resolve preparar uma armadilha para apanhar o marido. Dispensou a empregada no fim de semana e não contou ao marido. À noite, quando iam para cama, o marido contou a mesma velha história:
- Desculpa minha querida, mas estou mal do meu estômago outra vez, vou tomar um ar e já volto.
Ele então rumou em direcção ao banheiro. A mulher saiu rápido pelo corredor, subiu as escadas e deitou-se na cama da empregada. Mal ela tinha apagado a luz ,lá veio ele, em silêncio… E, sem perda de tempo, saltou para a cama e fez amor com ela com toda a fogosidade.
Quando terminaram, a mulher disse, ainda ofegante:
- Você não esperava me encontrar nesta cama, não é querido?
E ligou a luz.
- Sinceramente, não, minha senhora, disse o jardineiro!!

publicado por lino47 às 21:15
link | comentar | favorito

Anedota 299

MAIS UMA PIADA

Joãozinho está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada...

- Pai, quem são aquelas senhoras?

O pai meio embaraçado, responde:

- Não interessa filho... Olhe antes para esta loja... Já viu os lindos brinquedos que tem?

- Sim, sim, já vi. Mas... quem são as senhoras e o que é que estão fazendo ali paradas?

- São... são. São senhoras que vendem na rua.

- Ah, sim?! Mas vendem o quê?? - Pergunta admirado o garoto.

- Vendem.... vendem... Sei lá... vendem um pouco de prazer.

O garoto começa a refletir sobre o que o pai lhe disse, e quando chega em casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer.

Estava com sorte! Podia comprar 50 reais de prazer!

No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe:

- Desculpe, minha senhora, mas pode-me vender 50 reais de prazer, por favor?

A mulher fica admirada, e por momentos não sabe o que dizer, mas como a vida está difícil, ela aceita. Porém, como não poderia agir de forma 'normal' com o garotinho, leva o garoto para casa dela e prepara-lhe seis pequenas tortas bem gostosas de morango e chocolate.

Já era tarde quando o garoto chega em casa.

O seu pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz:

- Fui ver uma das senhoras que nós vimos ontem, para lhe comprar um pouco de prazer!

O pai fica amarelo:

- E... e então... como é que se passou?

- Bom, as quatro primeiras não tive dificuldade em comer, a quinta levei quase uma hora e a sexta foi com muito sacrifício. Tive quase que empurrar para dentro com o dedo, mas comi mesmo assim. Ao final estava todo lambuzado, melequei todo o chão, e a senhora me convidou para voltar amanhã, mas para ser sincero ao senhor eu só tive prazer nas três primeiras , as outras só comi para mostrar que sou homem mesmo, posso ir amanhã novamente, pai?

O pai desmaiou.

publicado por lino47 às 16:05
link | comentar | favorito

Anedota 298

As secretárias de alguns médicos devem pensar que são doutoras.

Isto porque perguntam, quase sempre e quando se chega a uma consulta, a razão da visita. E o paciente, por delicadeza, tem que responder, diante de todos, às perguntas que lhe fazem, o que se torna muito desagradável.

Não há nada pior que uma recepcionista perguntar o motivo da consulta, diante de uma sala de espera cheia de pacientes.

Uma vez entrei para uma consulta, aproximei-me da recepcionista, com um ar de pouco simpática.
- Bom dia, minha senhora!
Ao que a recepcionista respondeu:
- Bom dia, quais são as suas queixas? Porque veio à consulta?
- Tenho um problema com o meu pénis, respondi.

Como alguns dos presentes riram, a recepcionista alterou-se e disse-me:

- O senhor não deveria dizer coisas assim diante das pessoas.
- Porque não? ... a senhora perguntou-me a razão da consulta e eu respondi !! 
A recepcionista disse-me, então:
- Poderia ter sido mais dissimulado e dizer, por exemplo, que teria uma irritação no ouvido e discutir o real problema com o Doutor, já dentro do gabinete médico.
Ao que eu respondi:
- E a senhora não deveria fazer perguntas diante de estranhos, se a resposta pode incomodar.

Então sorri, saí e voltei a entrar:

- Bom dia, minha senhora!

A recepcionista sorriu, meio sem jeito, e perguntou:
- Sim???
- Tenho um problema com o meu ouvido.
A recepcionista assentiu e sorriu, vendo que havia seguido o seu conselho e voltou a perguntar-me:
- E... o que acontece com o seu ouvido?

- Arde-me, quando mijo !!!

Haja boa disposição que a vida está difícil…

Gosto

 

publicado por lino47 às 16:01
link | comentar | favorito

Anedota 297

O compadri Maneli, foi acompanhar a mulher ao médico do centro porque ela queixava-se de uma infecção vaginal e tinha vergonha de falar do assunto ao médico. Então para não haver barraca, filh, que sempre tinha mais um pouco de cultura, foi acompanhar o casal.
Pelo caminho foi dando lições ao pai de como falar com o médico
- Pai, vê se te lembras de dizer ao médico que a mãe tem uma doença na vagina, não vás para lá com asneiredo.
Chegados à consulta o médico pergunta:
Então Sr Manuel, o que é que se passa?
O ti Maneli esqueceu-se completamente da palavra que o filho disse e chegado à porta do consultório gritou para uma sala de espera cheia de gente.
Oh Filho!... Como é que disseste que se chamava a cona da tua mãe?...

publicado por lino47 às 15:56
link | comentar | favorito

Anedota 296

Isto pode vir a suceder dentro de alguns anos em Portugal
Os árabes estão a reproduzir-se com velocidade.
Os africanos estão a reproduzir-se com velocidade
Os chineses estão a reproduzir-se com velocidade.
Estão cá todos em Portugal!
E nós ? A emigrar (conselho do poder)...e contenção por causa da crise!
Dentro de poucos anos, o primeiro dia de aulas em Portugal:

A professora faz a chamada:

"Mustafá El-Ekhseri".......................Presente!
"Obamba Moluni"........................... Presente!
"Achmed El-Cabul"......................... Presente!
"Evo Menchú"................................. Presente!
"Yao Ming Chao"............................ Presente!
"Al Ber Tomar Tinsdi-As"................Ninguém responde

"Al Ber Tomar Tinsdi-As", volta a repetir a professora, algo chateada.
........... Ninguém responde

"Pela última vez: Al Ber Tomar Tinsdi-As", diz a professora bastante exaltada.

De repente levanta-se um miúdo e diz:
"Devo ser eu professora, mas pronuncia-se: Alberto Martins Dias"

 
publicado por lino47 às 15:49
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Anedota 439 casamento das...

. Anedota 438

. Adedota 437 A piça do Chi...

. Anedota 436

. Anedota 435 O barbudo e a...

. Anedota 434 O esparguete ...

. Anedota 433 Intuição feme...

. Anedota 432 O Zé Cagão

. Anedota 431 os gémeos pes...

. Anedota 430 o alentejano ...

.arquivos

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Abril 2020

. Fevereiro 2020

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Janeiro 2019

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

.favorito

. Burla

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub