Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Anedota 357 - A mãe e filha grávida

Mãe Fica a Saber que Filha de 17 Anos Está Grávida
Uma senhora levou a filha de 17 anos ao médico, queixando-se que a menina estava com vómitos, tonturas, e que tinha perdido o apetite.
Após o término da consulta, o médico concluiu:
— Minha senhora, a sua filha esta grávida de 3 meses!
— A minha filha? Ela nunca esteve sozinha com um homem! Não é verdade, minha filha?
— Eu nem sequer beijei ainda um homem, mãe!
O médico armou-se de um binóculo que tirou da gaveta, aproximou-se da janela e ficou calado, a perscrutar o infinito…
Passados minutos, a mãe, admirada e farta, perguntou ao médico o que se passava.
O médico respondeu:
— Da última vez que isto sucedeu, nasceu uma estrela no Oriente e chegaram três réis magos. Desta vez não vou perder o espetáculo!

publicado por lino47 às 22:30
link | comentar | favorito

Anedota 356 - Ramon e Helga

 

Ramon e Helga passeavam agarradinhos e de mãos dadas pelo parque verdejante.
Os desejos sexuais de Ramon aumentavam quanto mais caminhavam entre as grandes e sombrias árvores.
Quando Ramon já não suporta tanta excitação e se prepara para se declarar,
Helga interrompe-o:
- Espero que você não se aborreça amor, mas quero fazer xixi.
Apesar de espantado pelo pedido inusitado, Ramon concorda:
- Tudo bem Helga, vá ali para trás daqueles arbustos.
Helga segue o conselho de Ramon. Enquanto isso, ele, nervoso e possuído pela luxúria, escuta o som erótico da cuequinha a deslizar pelas coxas suculentas de Helga, e imagina tudo aquilo ali tão próximo e à sua disposição. Incapaz de se conter e seguindo os seus instintos animais, Ramon introduz o braço através dos arbustos e toca a perna dela.
Suavemente, sobe as mãos mais e mais, até que, horrorizado, agarra algo grosso e quente, no meio das pernas dela.
Muito assustado, pergunta-lhe:
- Helga! Por amor de Deus! Você mudou de sexo?

- Não - responde ela irritada. - Mudei foi de ideias...tô cagando!

publicado por lino47 às 22:15
link | comentar | favorito

Anedota 355 - O apartamento a proprietária e o habitante

Um homem conheceu uma bela rapariga e ficou tão impressionado que, de tanto insistir, acabou convencendo-a a passar a noite com ele por quinhentos euros.

No final da noitada, no momento de pagar, o homem percebeu que estava sem o livro de cheques. No entanto, combinou de enviar o dinheiro sem falta no dia seguinte.

A moça não ficou muito satisfeita, mas aceitou, por não ter outra opção.

No dia seguinte, o homem preparava-se para preencher o cheque, mas começou a pensar que, afinal, a noite nem tinha sido assim tão maravilhosa… Decidiu então pagar só duzentos e cinquenta euros.

Como não queria dar bandeira, pediu à secretária para entregar um envelope com o dinheiro, referindo-se ao pagamento de um aluguer. Dentro do envelope, ia o seguinte bilhete:

— Prezada Senhora, estou encaminhando 250.00 € referentes ao pagamento do aluguer do seu apartamento. Não estou enviando a quantia previamente combinada, pelas seguintes razões:

1°: Quando assinei o contrato, imaginei que seria o primeiro a ocupar o imóvel, o que verifiquei não ser o caso;

2°: Verifiquei também, que o apartamento não possui o sistema de aquecimento que imaginava ter, e por fim;

3°: O referido imóvel também se mostrou excessivamente amplo para meu gosto, não proporcionando a sensação de aconchego que eu esperava. Assim sendo, envio a quantia que julgo ser a mais justa.

A moça ao receber o bilhete, mandou a seguinte resposta:

— Prezado Senhor:
Quanto aos motivos alegados para o não pagamento do valor combinado pelo meu imóvel, tenho a declarar o seguinte:

Em relação ao primeiro item, foi muita ingenuidade da sua parte imaginar que um imóvel tão bom, fosse estar desocupado por muito tempo, esperando por alguém como o Senhor para ocupá-lo…

Quanto ao segundo item, o apartamento possui aquecimento, sim… O Senhor é que não soube ligá-lo…

E finalmente, se a sua mobília é pequena para preencher o espaço disponível, por favor “não culpe a proprietária”

publicado por lino47 às 22:08
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

Anedota 354 - A miúda e o nome da criança

O Ribatejano é ...

A miúda vai à primeira festa da sua vida e, com medo dos avanços dos
rapazes, pede conselho à mãe:

- Se os rapazes começarem a insistir muito, minha filha, pergunta que
nome eles vão dar à criança. Isso vai fazer com que eles desistam.

Assim foi.

No meio de uma dança, um Alentejano diz:

- Vamos para o jardim atrás da piscina, miúda ?

Ela vai, mas quando o moço quer avançar ela pergunta:

- Que nome vamos dar à criança?

O Alentejano olha-a com surpresa, diz que se esqueceu da carteira no bar
e
sai .

Uma hora mais tarde repete-se a cena com um tipo de Lisboa.

Igualzinho, quando ela pergunta qual será o nome do filho, ele fica de
pés frios e vai-se embora.

Chega um Transmontano. Vai com ela para o jardim.

Começa com beijinho aqui, beijinho ali, e apalpa-lhe o peito.

Ela pergunta: - Que nome vamos dar à criança?

Ele continua e abre o vestido dela.

- Que nome vamos dar à criança?

Ele pega nos seios dela.

- Que nome vamos dar à criança?

Ele tira-lhe o vestido e as cuecas....e pimba....

- Que nome... ahhh... vamos dar.. ahhhh... à criança?

Ah...Ahhhhhh...Ahhhhhhhhhhhh... - Que nome
vamos.....não....pares........dar .....vai.vai.........vaiiiiiiiii.......à
criança????

Depois de acabarem, ela pergunta mais uma vez:

- E agora, qual vai ser o nome do nosso filho?

Ele, triunfante, tira devagar o preservativo, levanta-se, olha para o
alto, dá um nó firme e diz:

- Se ele conseguir sair daqui, vai ser ... 'Macggiver'

publicado por lino47 às 23:51
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Anedota 353 Tipos de orgasmos

Uma gargalhada faz bem a tudo................
Tipos de Orgasmos Femininos
1 - Asmática:- Annhh.. Annhhh...Annhhh!...
2 - Serpente: Ssss!... Sssss!... Sssssssssssss!!!
3 - Matemática: Mais! Mais! Mais! Maaaaaaaiis!!!
4 - Religiosa:- Ai meu Deus!... Ai meu Deus!... Ai meu Deus!!!
5 - Suicida: - Ai que eu vou morrer!... Ai! Vou morrer!... Vou morr eee eeer!!!
6 - Homicida:- Se páras, mato-te!!! Mato-te!... Maaaaaato-te!!!
7 - Degustadora: Ai que bom!... Ai que bom!... Que bom!... Que booooom!!!
8 - Gulosa: -Que delicia!... Que delicia!... Que deliiiicia!!!
9 - Interesseira:- Dá-me!... Dá-me mais!... Dáááááááá-me!!!
10 - English teacher: Oh! Yes!... Oh! Yes!... Oh! My God!... Oh! My Gooood!!!
11 - Zootécnica:- Vem, meu macho!... Meu garanhão!... Meu maaaacho!!!
12 - Positiva:- Sim!... Sim!...Sim!... Siiiiiiim!!!
13- Negativa:- Não! Não! Não! Nãããããããããoooo!!!
14 - Dominadora:- Faz!... Isso!.. Faz isso! Faz! Iiiiiiissssssooooo!!!
15 - Cozinheira:- Mexe!... Mexe!... Mexe!... Meeeexe!!!
16 - Sensível:- Estou a senti-lo!... Estou a senti-lo!. Estou a sentiiiii-lo!!!
17 - Desinformada:- Ai o que é isto!? Ai o que é isto!? O que é iiiiiisto!!!???
18 - Profeta:- Aí vem ele!... Aí¬ vem ele!... Aí vem!... Aí¬ veeeemmm!!!
19 - Casada:- Olha, querido, acho que já era tempo de se pintar o tecto do quarto...

publicado por lino47 às 20:51
link | comentar | favorito

Anedota 352 - O rapaz que queria comprar vaselina da boa

Um rapaz entra numa farmácia e diz ao farmacêutico:
- Eu quero a melhor vaselina que o senhor tiver aí, porque hoje eu vou comer um cuzinho que é um espectáculo!
O farmacêutico foi buscar e entregou ao rapaz, que perguntou:
- Quanto custa?
- São 3,20 euros disse o farmacêutico.
O rapaz respondeu:
- O senhor não entendeu. Hoje eu vou comer um cuzinho que é o melhor da cidade, é uma maravilha e eu não posso usar uma vaselina qualquer. Dê-me o que existir de melhor!
O farmacêutico então pegou num gel lubrificante, explicou que era um produto importado e de altíssima qualidade e entregou ao rapaz, e ele disse:
- Quanto custa?
- São 50,00 euros disse o farmacêutico.
O rapaz respondeu:
- O senhor não entendeu. Hoje eu vou comer um cuzinho que é inacreditável,
é uma coisa do outro mundo que não tem como descrever e eu não posso usar um produto qualquer. Dê-me o que existir de melhor!
O farmacêutico então foi até aos fundos da farmácia, abriu um pesado cofre e voltou com um frasquinho minúsculo nas mãos e disse:
- Este é um gel lubrificante desenvolvido pela NASA. É um modelo experimental e este frasquinho apenas com 20 ml custa 500,00 euros
- Agora sim! Agora o senhor entendeu o tipo de produto que eu preciso, pois hoje eu vou comer um cuzinho que é simplesmente perfeito!
O rapaz pagou e saiu.
Nisto, um velhote que estava quieto na ponta do balcão a assistir à cena toda disse para o farmacêutico:
- Vai comer porra nenhuma! Esse maricas vai é levar no cu!
- Porque é que acha isso?
- Você já viu alguém preocupar-se assim com o cu dos outros?

 
publicado por lino47 às 13:05
link | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Outubro de 2014

Anedota 351 O joãozinho e prof essora

A Professora de educação sexual desenha no quadro uma mama, e pergunta aos alunos o que é.

O menino Joãozinho levanta a mão e diz: - É uma mama e a minha mãe tem 2.

Muito bem...

Ela começa a desenhar um pénis. O menino Carlinhos levanta a mão e diz:

- Isso é uma pilinha... o meu pai também tem duas.

A professora, admirada com a resposta, replica: - Duas... Carlinhos?

- Sim senhora professora: uma pequenina para fazer chichi e uma grande para lavar os dentes à minha empregada.

publicado por lino47 às 12:48
link | comentar | favorito

Anedota 350 O construtor e o sagui

Um velho construtor civil acaba de vender un prédio.
Cheio de dinheiro fresco vai fazer uma viagem e umas férias num pais tropical.
Um amigo de longa data pede-lhe encarecidamente que lhe traga um macaquito da raça saguí.
O nosso amigo empreiteiro goza tranquilqmente as férias e nunca mais se lembou do raio do macaco.
Lembrou-se já no aeroporto quando estava para regressar e pediu e um nativo que lhe arranjasse o bicharoco. custasse o que custasse.
Arranjado o bicharoco, como o empreiteiro não tinha vacinas nem licenças para transportar o macaco lembrou-se de o meter dentro das calças para passar a Alfândega e assim embarcou com destino a LIsboa.
passadas quatro horas de viagem a senhora que viajava ao pé do homem nota que este começa a ter suores frios torce-se e respira fundo várias vezes.
Ao fim de ter reparado nos mesmos sintomas quatro vezes seguidas a senhora vira-se para ele e diz:
- Olhe desculpe. O senhor não está bem, quer que chame alguém? Quer que chame a hospedeira?
- Não minha senhora, isto não é nada. Isto está relacionado com o facto de andar de avião mas passa.
- Não senhor, eu vou chamar a hospedeira para lhe dar qualquer coisa.
- Olhe minha senhora, eu não vou mentir mais e vou contar-lhe o que se passa.
Então contou-lhe a história do macaquito e de como o tinha metido dentro das calças para o passar na Alfândega.
A senhora, toda assustada e cheia de pena diz-lhe:
- Ai coitadinho do macaquinho que até pode morrer sufocado...
- Olhe minha senhora!... Sofucado poderá morrer, mas à fome não morre, porque com esta já vai na quinta mamada...

publicado por lino47 às 12:13
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Anedota 349 - A senhora de meia idade encontra-se com Deus

Uma senhora de meia-idade teve um ataque de coração e foi parar ao
hospital.
Na mesa de operações, quase às portas da morte, vê Deus e pergunta:
- Já está na minha altura? Deus responde:
- Ainda não. Tens mais 43 anos, 2 meses e 8 dias de vida.

Depois de recuperar, a senhora decide ficar no Hospital e fazer uma
lipoaspiração, algumas cirurgias plásticas, um facelift,...
Como tinha ainda alguns anos de vida, achou que poderia ficar ainda bonita
e gozar o resto dos seus dias.

Quando saiu do Hospital, ao atravessar a rua, foi atropelada por uma
ambulância e morreu.

A senhora, furiosa, ao encontrar-se com Deus, pergunta-lhe:
- Então eu não tinha mais 40 anos de vida? Porque que é que não me
desviastes do caminho da ambulância?

Deus responde:
- Porra! Eras tu? Nem te conheci!!!!

publicado por lino47 às 22:38
link | comentar | favorito

Anedota 347 O coiso e as pipocas

Um velho fazendeiro vai ao cinema e o bilheteiro pergunta:
- O que é isso no seu ombro?
- É meu galo de estimação, raça legorn.
- Lamento, senhor, mas não permitimos animais no cinema.
O fazendeiro aparentemente concorda..
Vai à casa de banho e enfia o bicho na calça.
Volta, compra o ingresso, entra e senta-se ao lado de duas idosas.

Quando o filme começa, o fazendeiro abre a braguilha para o galo respirar e o bicho bota o pescoço para fora, todo feliz.

Uma das idosas cochicha para a outra:
- Acho que o cara ao meu lado é um tarado.
- Por quê? - indagou a outra.
- É que o cara botou o “negócio” para fora!
- Ah, não te preocupes, na nossa idade nós já vimos de tudo.
- Eu também pensava a mesma coisa, mas o “negócio” está a comer as minhas pipocas!!!

publicado por lino47 às 21:54
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Anedota 439 casamento das...

. Anedota 438

. Adedota 437 A piça do Chi...

. Anedota 436

. Anedota 435 O barbudo e a...

. Anedota 434 O esparguete ...

. Anedota 433 Intuição feme...

. Anedota 432 O Zé Cagão

. Anedota 431 os gémeos pes...

. Anedota 430 o alentejano ...

.arquivos

. Novembro 2021

. Outubro 2021

. Setembro 2021

. Agosto 2021

. Abril 2020

. Fevereiro 2020

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Janeiro 2019

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

.favorito

. Burla

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub